Adeus a Shimon Peres

Por Maria Inês Cerantola
É com grande tristeza que Israel e o mundo receberam hoje a morte de Shimon Peres, o maior estadista vivo da História e um dos maiores responsáveis pela manutenção da democracia israelense. Participou dos movimentos para a criação do Estado de Israel, lutou pela paz, tendo recebido em 1994, o prêmio Nobel da Paz, pelo Acordo de Paz de Oslo, assinado em 1993, com Yasser Arafat , também premiado. Foi um dos criadores do Exército de Defesa de Israel; presidente e primeiro ministro. Nascido na Polônia em 1923, chegou em Israel em 1934 influenciando sobremaneira a vida e os destinos da Nação, mantendo-se na ativa busca da paz. Além dos estudos religiosos recebidos do avô, estudou Comércio, Filosofia, Economia Inglesa e Administração Avançada em Havard. Mente brilhante e privilegiada, suas respostas frases ganhavam imediatamente repercussão internacional e é com uma delas, especial para o momento que o mundo se encontra, que encerro minha homenagem a esse grande homem. “É melhor ser controverso pelas razões certas do que popular pelas razões erradas”.

Bookmark the permalink.

Comments are closed.