CIDADES DE ISRAEL – SÍTIOS DE PATRIMÔNIO MUNDIAL

Noticias de Israel - Beersheva

Por Maria Inês Cerantola

Ao lado de várias realizações no campo científico, da modernidade em que vivem seus habitantes, há um patrimônio histórico e cultural bastante preservado e visitado por pessoas do mundo todo. Seu pequeno mas avançado território, possui inúmeros e conhecidos pontos turísticos, entre eles, cinco sítios considerados Patrimônio Mundial, a saber:
– a cidade velha de Acre – Akko;
– Massada;
– a cidade branca de Tel Aviv;
– a rota do incenso – cidades do deserto de Neguev;
– os montes Meguido, Hatzor e Beer sheva.
Localidades bastante conhecidas pela história passada, vejamos na atualidade, o que os visitantes encontram e podem fazer em cada uma delas.
Beer Sheva
A Beer Sheva atual está localizada a cinco quilômetros da Beer Sheva – conhecida como Bersabeia, do período da monarquia israelita, onde se encontra grande patrimônio histórico preservado que, por si só, já é um convite à sua visita.
A atual foi fundada no inicio do século XX e estabelecida cidade judaica em 1949. Situada no sul do pais e considerada a capital do Neguev, é uma cidade moderna que, além dos sítios históricos, museus, zoológicos e outros, abriga uma das maiores universidades do país, motivo de orgulho para seus estudantes, vindos de várias regiões do mundo. A presença de mais de quinze mil jovens universitários agita a cidade e disponibiliza atividades também para essa faixa etária, além de mostrar que é possível conviver em paz, mesmo com tanta diversidade. Beer Sheva recebe muitos imigrantes e dispõe de comércio variado, mesclando modernidade e preservação de tradições, como o mercado beduíno e o centro de artesanatos etíopes. A confecção e vendas de objetos de cobre, pedras preciosas, vidro, cerâmica e bordados, trazem um colorido especial ao comércio que é completado por lojas modernas de roupas, calçados e outros artigos. Dispõe de atrações noturnas e atividades para todas as idades, seja em locais fechados ou ao ar livre. Entre os locais mais visitados, estão os museus de interesse específico, como por exemplo o museu de Ciências para todas as idades, espaço interativo, o da Força Aérea Israelense, o da criança e o de arte, entre outros. Bares e clubes com boa música e boa comida são garantidos em ambientes muito bem decorados. O transporte público é bom e seguro e pode-se utilizá-lo para viajar de lá a outras localidades de Israel, de carro ou a pé. Como em todo Israel, a segurança é uma constante e os visitantes podem confiar e desfrutar dos excelentes passeios.

Ainda sobre mel…

Noticias de Israel

Por Shoshana C.

“Terra que emana leite e mel”

Foi anunciado há algum tempo pela revista científica “PNAS”( Proceedings of
the National Academy of Sciences ) que arqueólogos descobriram colmeias de abelhas domésticas

de cerca de três mil anos passados, em Israel.

O achado foi na colina de Tel Rehov, ao norte de Israel, no vale do rio Jordão, sendo

um centro de apicultura do tempo dos reis Davi e Salomão,segundo os arqueólogos.No local foram

achados vinte e cinco cilindros onde eram depositados os favos. Cada colmeia media oitenta cm.

de comprimento e quarenta de diâmetro. Calcula-se entre setenta e cinco e duzentas, com mais de

um milhão de abelhas e uma produção de cerca de quinhentos quilos de mel e setenta de cera.

Amilhal Mazar,da Universidade Hebraica de Jerusalém,suspeitou que os cilindros

de argila seriam para a criação de abelhas.Havia uma pequena abertura de um lado e uma tampa

do outro,que seriam os locais para a entrada dos insetos e manipulação de favos.

Os estudiosos israelenses foram ajudados à distância pelo biólogo brasileiro Tiago

Francoy, que havia realizado sua tese de doutorado, estudando com Stefan Fuchs, na Alemanha.

Pesquisas verificaram espécies diferentes, sub espécies e aventa-se a possibilidade de

um comércio constante de rainhas e colmeias de um lugar para outro,apesar dos estudos não

confirmarem se saberiam a rainha mãe ser a responsável por manter as colmeias funcionando.

Eucaliptos Australianos

Israel com verões muito quentes,longos e secos tem flores que só florescem uma vez por ano, na primavera. Sendo assim as abelhas têm de ser alimentadas com açúcar originando um mel não muito saudável.

Por esta razão, Israel resolveu importar da Austrália eucaliptos que florescem o ano

inteiro; assim sendo a produção de mel aumentou consideravelmente. As primeiras mudas foram

trazidas em 1998 .Mais de cem mil árvores vêm sendo distribuídas aos apicultores.

Fonte: Centro de Mídia Brasil Israel

COMO ISRAEL ESTÁ SALVANDO AS ABELHAS

Notícias de Israel - abelhas

Por Shoshana C.

A SÍNDROME DO COLAPSO DAS COLÔNIAS (CCD) está afetando países produtores
de mel, o que está ocorrendo muito menos em Israel, graças a inovações estratégicas, estando a
situação estável.

A estas alturas do Ano Novo Judaico(5777),esta é uma ótima notícia,já que grande parte
das receitas culinárias levam mel,como perspectiva de um ano novo doce e feliz.

Mas sob o ponto de vista da produção,as abelhas têm um papel importante na agricultura,
polinizando plantações.

Em Israel a população de abelhas declina 10% a cada ano,enquanto nos Estados Unidos,
30 a 50% e segundo Hertzel Avidor,superintendente nesta área, relata que há pesquisas sob todos os ângulos biológico e botânico para se estimular as abelhas na produção de mel.

O Conselho Israelense ajuda aos quinhentos produtores de mel a implementar táticas
inovadoras para manterem cento e dez mil colmeias.A pequena redução das abelhas não afeta
o suprimento de mel em Israel,pois a cada ano novas colônias são introduzidas para
compensar a perda.

O clima é a principal variante para o alcance anual de três mil toneladas.

O passo primordial para se evitar o CCD é seguir as indicações para se erradicar o ácaro VARROA,o parasita responsável pela síndrome.

Outra estratégia para que as abelhas sejam mais saudáveis e mel mais saboroso, são as oitenta a cem mil mudas variadas,especialmente eucaliptos,plantadas a cada ano para prover às abelhas uma dieta variada e abundante apesar da perda de áreas verdes para a urbanização.Estas mudas são distribuídas
gratuitamente por órgão governamental israelense.
Planta-se eucaliptos ao longo das fronteiras com Gaza e Síria,não só para alimentar as
abelhas mas para proteger esta área de tensão, a” winwin situation”–situação de ganho,de benefício dobrada.

Como os apicultores têm terras mas não flores e arbustos suficientes, há esta cooperação governamental de grande valia para todos: Israel fica mais verde enquanto atrai as abelhas para produzirem um mel categorizado. Povo e produtores beneficiados .

Graças às espécies de plantas, árvores introduzidas que florescem no inverno,não se torna
necessário nutrir as abelhas com água e açúcar nestes meses frios o que possibilita a produção de mel mais saudável. A pesquisa volta-se para as plantas que as abelhas mais procuram,pois plantas e mel estão conectados diretamente.

Como em encontros internacionais Israel expôs em palestras sua produção, países estrangeiros
se interessaram.Há um catálogo em língua inglesa listando as mais ricas mudas e sementes em néctar.

O sabor varia de acordo com o tipo de flor.A maioria do mel vendido em Israel contém mistura de
diferentes fontes incluindo laranja, ameixa, eucalipto, abacate,alfarroba, tomilho

Foi relatado que em Kansas as abelhas se alimentam só de grãos de soja e milho,uma dieta pobre,sendo mais frágeis,ocasionando a síndrome,pois não são tão fortes como as que têm uma dieta variada de flores diversas.

Os americanos ficaram surpresos ao saber que o governo subvenciona as mudas e sementes,
pois em outros países simplesmente aconselham a plantar, sem ajuda financeira ou tecnológica.

O físico Albert Einstein disse:

“Se a abelha desaparecer da face da terra,a humanidade terá
apenas mais quatro anos de existência;sem abelhas não há polinização,não há
reprodução de flora,sem flora não há animais,sem animais não haverá raça humana”

Fonte:Israel 21C, através do “Jerusalem Post”
Globo Rural–Campo Aberto

Adeus a Shimon Peres

Shimon Peres

Por Maria Inês Cerantola
É com grande tristeza que Israel e o mundo receberam hoje a morte de Shimon Peres, o maior estadista vivo da História e um dos maiores responsáveis pela manutenção da democracia israelense. Participou dos movimentos para a criação do Estado de Israel, lutou pela paz, tendo recebido em 1994, o prêmio Nobel da Paz, pelo Acordo de Paz de Oslo, assinado em 1993, com Yasser Arafat , também premiado. Foi um dos criadores do Exército de Defesa de Israel; presidente e primeiro ministro. Nascido na Polônia em 1923, chegou em Israel em 1934 influenciando sobremaneira a vida e os destinos da Nação, mantendo-se na ativa busca da paz. Além dos estudos religiosos recebidos do avô, estudou Comércio, Filosofia, Economia Inglesa e Administração Avançada em Havard. Mente brilhante e privilegiada, suas respostas frases ganhavam imediatamente repercussão internacional e é com uma delas, especial para o momento que o mundo se encontra, que encerro minha homenagem a esse grande homem. “É melhor ser controverso pelas razões certas do que popular pelas razões erradas”.

Uma lição de não desistência,de superação!

Notícias de Israel

Por Shoshana C.

Delegação dos Estados Unidos visita Israel para aprendizagem de técnicas anti terroristas.
Israel é o único país que tem um memorial honrando cada vítima do ataque às Torres Gêmeas.
Em respeito à esta homenagem em 09 de setembro e com o objetivo de se capacitarem de como Estado de Israel lida defensivamente para proteger seus cidadãos,cinquenta e dois oficiais de vários estados
americanos, chegaram na primeira semana de setembro a Israel.
Irão treinar com as várias unidades, exercícios de contra terrorismo e visitarão a academia de polícia em Beit Shemesh.
Participarão de demonstrações sobre as diferentes formas de bloquear veículos com
terroristas,de diferentes formas de luta,incluindo o Krav Maga e várias outras táticas usadas.
A delegação inclui oficiais masculinos e femininos de Nova York, New Jersey,Virginia,
Colorado, Califórnia e Nevada.
O líder da delegação ,Michel Safris destacou que há muito respeito pela eficiência de Israel em suas avançadas estratégias mescladas com a habilidade de cumprimento da lei de forma humana,embora lidando com terroristas perigosos.
Safris declarou que a guerra dos Estados Unidos ao terror,começou a 11 de setembro de 2001,mas que Israel tem lidado com o terrorismo há muito antes ,estando aptos a ensinar ao mundo, infelizmente,esta sua experiência e perícias próprias.
Continuou dizendo que a lei de Israel tem como meta primordial promover segurança e proteção
a todos indivíduos que ali vivem e que os Estados Unidos similarmente se propõem a isso.
O Brigadeiro General Americano Russel Howard disse na conferência em Hertzilia de Contra Terrorismo, que” Israel é uma peça chave do enigma para resolver o crescimento do grande problema que é o terrorismo mundial”

Como a França vem sofrendo um momento de terror com várias ameaças pendentes,um membro do parlamento francês disse que precisavam introduzir em suas leis, Detenção Administrativa, método usadopelos israelenses a partir do momento em que desconfiam dos modos estranhos de determinadas pessoas.
Rebatendo aos que foram contrários, perguntou se deveriam esperar para agir após o acontecido,ou agir antes?
Israel para vencer o terrorismo assim faz:em benefício de seu povo, prende suspeitos e os detém em centros de avaliações para estudarem seu grau de periculosidade.Continuarão ou não presos após as averiguações e julgamento.
Os presos não são humilhados nem sofrem mau tratos.
Um juiz aprovará ou não a decisão dada pelos serviços de inteligência.
Várias delegações europeias observam em Israel os direitos dos prisioneiros,mas é a primeira vez que um governo oficialmente envia um oficial para aprender os métodos de trabalho.
Georges Tenech,um político de alto escalão e expert em anti terror visitou a prisão israelense de Ofer.
Elogiou a seguridade do Aeroporto Ben Gurion como sendo um exemplo a ser copiado por outros países, encontrando-se com a Agência Israelense de Segurança, para estudo.
Quero enfatizar que esta Detenção Administrativa dá o direito a julgamento e é controlado por órgãos superiores.

A Colômbia também enviou uma delegação a Israel com o propósito de se aperfeiçoar em cursos e entrar em contato com equipamentos modernos capazes de desmontar os campos minados com bombas explosivas,que podem estar adormecidas por anos e que matam inocentes.
Cerca de onze mil colombianos foram mortos, feridos, amputados por esse perigosos artefatos,desde 1991, colocados pela FARC-EP.
A cooperação entre Israel e Colômbia inclui também a orientação para a substituição do plantio de coca com sua consequente exportação e tráfico de cocaína, por cultivo de produtos legais e comercialmente lucrativos.

Enfim,Israel,devido à perseguição milenar dos judeus e seu povo(vide os artigos sobre Inquisição),relatos do terrível Holocausto da II Guerra Mundial que matou muitos não judeus mas cuja meta principal foi o extermínios total dos judeus no mundo,isto elaborado e concretizado por uma equipe composta de inteligentes e dedicados especialistas fiéis a Hitler, que implementaram um plano estratégico,
levando-os de todos os países europeus para campos de concentração e câmaras de gás através de um organizado sistemas de estradas de ferro,sofrendo humilhações,torturas, sofrimentos atrozes.
Morreram seis milhões de judeus…

Mas,eles estão aí____resilientes,resistindo,recuperando-se,perseverando,nunca desistindo.

PROTEÇÃO é o impreterível desígnio do Estado de Israel às pessoas que lá vivem.

Através do próprio sofrimento ,Israel conseguiu firmar-se num patamar de excelência em ajudar o mundo contra o terrorismo.

Fontes–Jerusalem Post
Arutz Sheva

Breves Flashes de Israel para serem lembrados

israel tec

Por Shoshana C.
1-Novo startup acabou de ser lançado com sucesso!
É o FONDO,um aplicativo para celular que informa o que você escolher: esporte,noticiário,calendário e muito mais.
Gratuito e encontra-se na loja de aplicativos do Google.
É extremamente prático e útil no seu dia a dia!

2- Revolução no transporte — está sendo construído um trem elétrico de alta velocidade que ligará Tel Aviv a Jerusalém em 28 minutos e que atualmente leva 75minutos de ônibus.
Passará pelo aeroporto Ben Gurion.
Incentivará a economia de Jerusalém e diminuirá a poluição que é uma das metas de Israel.

3- Lentes de contato israelenses que tratam de edema de córnea já receberam aprovação do FDA e
entrarão no mercado.
A companhia israelense chama-se EYE YON.
Não erradicam o problema, pois alguns pacientes inevitavelmente precisarão de transplante de
córnea,entretanto aliviam e beneficiam os portadores do problema,inclusive enquanto esperam pelo transplante.

4- Pesquisadores israelenses estão perto da cura do melanoma,doença grave dermatológica,com recente pesquisa.
Os cientistas mapearam o processo em que as células se infligem na derme ajudando no desenvolvimento de novas drogas específicas para sustar o desenvolvimento do problema.
Em franco progresso a pesquisa!

5-Firma grega comprará gás dos reservatórios –Karish e Tanin de Israel.
Apesar da queda no momento na indústria do petróleo,pesquisas estão sendo feitas e Israel surge entre os grandes destaques com o monumental campo de Leviathan.
Há conversas de cooperação com Chipre, Jordânia, Grécia e Egito e há a possibilidade de se planejar um gasoduto que levará o gás natural de Israel para a Europa,através desses países mencionados.
Segundo Uri Aldubi, diretor da Associação de Empresas da Indústria de Exploração de Petróleo e Gás de Israel,o país caminha para ser considerado uma potência regional de gás natural.

6-China inaugura a maior ponte de vidro.
Foi projetada pelo renomado arquiteto israelense Haim Dotan.
Tem 430m de extensão e liga dois penhascos a 300 m de altura e é atualmente a principal atração
do parque natural de Zhangjiajie em Huan
Simultaneamente até oitocentos turistas poderão visitar.
Foi inaugurada a 20 de agosto de 2016.
Os construtores testaram a obra com um caminhão de duas toneladas e pediram para que várias pessoas batessem com martelos no chão da ponte para sua resistência ser demonstrada.

7- Aperfeiçoamento intenso da pesquisa ,nos últimos três anos, do cultivo da maconha especificamente para tratamentos médicos.
Dr. Bernstein,da Organização de Pesquisa em Agricultura , foi a primeira a adquirir esta licença,pois é definida como droga ilegal.
Secreto é o lugar da plantação.
Há um protocolo específico para tornar a maconha uma agro produção científica,com qualidades médicas,objetivando a cura de pacientes.
É um processo lento,apesar da ajuda governamental,pois segundo ela,”seria mais fácil pesquisar sobre tomates ou laranjas”pelos efeitos colaterais do fumo,sendo que todo cuidado técnico é pouco no cultivo desta planta.

P.S. Startup—empresas iniciantes em tecnologia
FDA—Food and Drug Administration—órgão governamental americano responsável pelo controle
dos medicamentos,alimentos e demais produtos médicos.

P.S. Reportagens baseadas em artigos do Jerusalem Post ,Bruno Viggiano(2016)

Fondo – Um Novo Startup Israelense

Fondo - Um Novo Start Up Israelense

Fondo é um aplicativo inovador que usa o wallpaper do seu telefone celular para a informação que você escolhe, notícias, esporte, youtube, calendário etc.
Eliahu Horwitz, terminou o exército há dois anos atrás onde trabalhou na área de computação. Hoje em dia trabalha na área de alta tecnologia, uma área extremamente desenvolvida em Israel.
Fondo é uma ideia inovadora disponível gratuitamente na loja de aplicativos do Google para baixar basta clicar aqui https://play.google.com/store/apps/details?id=com.fondo

Fondo - Um Novo Start Up Israelense

Fondo – Um Novo Start Up Israelense

Vinhos de Israel

Noticias de Israel

Por Shoshana C.

A vinicultura tem uma ligação com a terra de Israel.Foram encontrados em estudos arqueológicos,utensílios antigos usados na fabricação de vinho,provando que a atividade vinícola existe desde séculos passados na região.
No século XIX,tendo grande parte dos judeus retornado a Israel ,vinhedos foram novamente plantados.
Por volta de 1882 o barão Edmond Rotschild,filantropo,colecionador francês ,estabeleceu colônias e vinhedos,abrindo duas grandes vinícolas em Rishon Le Zion e em ZikhornYa’ako ;a vinícola Carmel por ele fundada, até hoje existe—trouxe uvas plantadas na França.
O clima de Israel,dependendo da zona geográfica,se encontra entre dois pólos:desertos da África e Ásia ,árido e úmido na zona mediterrânea.É bastante diversificado:como já havíamos mencionado em um artigo anterior,pode-se esquiar ao norte e freqüentar uma praia ao sul ou outro determinado lugar, na mesma hora local .Desde os anos 80,os vinhos israelenses vêm sendo mais qualificados,pois espécies de uvas nobres foram plantadas em locais mais frescos.
Nas colinas da Judeia ,de clima mediterrâneo ameno pelo solo com a presença de calcário, e também de colinas,o produtor Domaine Castel produz vinhos ricos de sabor regional,mundialmente aceitos.
Atualmente são seis mil hectares de vinhedos ,a maioria nas montanhas de Samson e Samaria.
As uvas Merlot,Sauvignon,Blanc,Chardonnay e Cabernet Souvignon são as mais prestigiadas.
O deserto de Neguev,com temperatura média durante o dia que chega a 45º ,necessita de irrigação especial de alta tecnologia cultiva uvas bordalesas e mediterrâneas donde são extraídos vinhos especiais aprovados pelos mais exigentes sommeliers.
País pequeno de fronteiras estreitas e tradição milenar na vinicultura,Israel investiu em pesquisas e técnicas de produção tendo como exemplo os grandes produtores mundiais e que foram adaptadas à diversidade climática do país.
Luciana Fróes,crítica de gastronomia do Jornal Globo,numa entrevista após visitar Israel,comentou:”Aprendi que oito horas são suficientes para se percorrer todo o país” e continuou,dizendo que foi com uma dezena de indicações positivas,degustadas e descobertas”praticamente uma descoberta por dia”.Diz que” são cerca de trezentas vinícolas ativas espalhadas pelas colinas de Jerusalém,Golan,Judeia,Galileia,deserto de Neguev donde sai o vinho Yatir cujas vinhas Cabernet Souvignon blanc e viognier crescem em um sítio arqueológico de três mil anos.”
Há um passado histórico em franco desenvolvimento do cultivo até a produção aprimorada desses vinhos israelenses que são exportados pelo mundo ,inclusive para o Brasil.
PS :sommelier—profissional especializado,conhecedor de vinhos ,que trabalha em restaurantes e lojas de vinho.

Por que ser hackeado?

por Maria Inês Cerantola

Há tempos sou assídua leitora e divulgadora do israelagora.com, um site de excelência feito em português, por brasileiros e para brasileiros; traz notícias de Israel bem como algumas palavras no maravilhoso idioma hebraico.
Os artigos são cuidadosamente elaborados e sempre mostram notícias de interesse comum tais como descobertas nas mais diferentes áreas do conhecimento, que facilitam e melhoram a vida de todas as pessoas; sempre e acima de tudo, com ética.
Jamais o israelagora.com foi ofensivo ou antiético, porém, houve quem assim o fizesse. Infelizmente, no dia 10 de agosto, ao tentar abri-lo me deparei com a ação de hacker impedindo o acesso, além da tentativa de direcioná-lo para questões que fogem ao tripé informação; educação; lazer – missão do site.
Pessoas ou grupos que não conseguem nada a não ser pela força; que não dispõem de capacidade para conquistar além da destruição; certamente são capazes de destruir muito além de um trabalho. Reflitam.
Felizmente tudo está normalizado agora e desejo que continue assim, trazendo sempre boas notícias de Israel para todos.