Os Judeus no Brasil Português

Judeus no Brasil Portugues

Por Shoshana C.
Então, os capitães gerais, enviados pelo Rei D.Juan III de Portugal para colonizarem o Brasil
tinham que se relacionar com os judeus portugueses, para melhor resultado de seus objetivos!
IRONIA DO DESTINO!!!!
Duarte Coelho da Capitania de Pernambuco teve que pedir auxílio aos judeus portugueses.
Alguns desses judeus tinham boas relações com os indígenas e foram os primeiros a iniciarem as comunicações
com os nativos.
Da mesma forma João Ramalho y Hucefe(O Yosefe),cujo apoio foi importantíssimo para os
governadores Martins Afonso de Souza e Afonso de Albuquerque.
Em 1579 a Inquisição impõe-se em Portugal e assim começa uma leva profunda de judeus
escapando para o Brasil.
O Tribunal do Sto Ofício foi confiado à “Ordem Dominica”, a mais feroz em espírito anti judaico.
Em troca, no Brasil imperava a Ordem dos Jesuítas que tentou ser mais tolerante com os judeus portugueses no Brasil.
Quando se implantou o Santo Ofício da Inquisição em Goa,Portugal, centenas de judeus se
transferiram ao Brasil.
A proibição do Rei D.Juan III da saída dos judeus conversos do reino, fez com que milhares realizassem o escape, já que ao serem descobertos eram levados ao Brasil, onde sabiam que
clandestinamente funcionavam sinagogas.
Em 1577 o rei Sebastian necessitava de dinheiro para sua campanha militar na África e
então resolve vender permissões de saída do reino, o que fez novamente muitos judeus portugueses para
cá chegassem.
Por 225 000 cruzados a comunidade cripto judia portuguesa obteve vantagem de sair legalmente
do território.
Mas esta vantagem só dura alguns anos e, ao subir ao trono o Cardeal Enrique,é anulado o decreto
de Sebastian.
Em 1580 há a unificação política de Espanha e Portugal por D Felipe II.
O Sto Ofício Espanhol exerce agora grande influencia sobre o Portugues e em 1591 começa
a primeira visita inquisitorial ao Brasil.A informação da visita foi a de infiltração judia na América e que
eles vivam livremente.
Para terminar com eles ,em 1618o Tribunal do Sto Ofício da Inquisição Portuguesa envia à Bahia
de Todos os Santos,onde foram denunciados 90 cripto judeus.
Diante disso ,os judeus portugueses decidem resistir à Inquisição e pedem ajuda ao governo da Holanda Protestante e à poderosa comunidade judia desse país.
A resistência dura desde 1618 até 1654 de onde os judeus portugueses pela primeira vez na
história moderna,desde os tempos das guerras com Roma, demonstram sua capacidade militar e organização estratégica.
A heroica resistência judia no Brasil é a primeira revolução americana para a libertação do Continente.
O fim da guerra e sua derrota posterior ,decidiu o futuro das atividades dos cripto judeus na região do Rio da Prata(Argentina)

As Tâmaras de Israel

Tamaras de Israel
 MANJAR DOS DEUSES
                              
Por Shashana C
          Voltemos ao Shuk.(mercado)
          Há várias barracas de incontáveis frutas secas,amêndoas,todos
tipos de nozes,mas a que mais me atrai são as  das tâmaras–a medjoul,uma espécie
que de tão doce,prepara-se mel.
          Apesar de ser uma fruta cultivada há séculos,esta espécie é nova em Israel.
          Pela ameaça de praga,as mudas foram, em1920,levadas para os Estados Unidos,
e em 1970 plantadas em Israel,ao norte do Mar Morto e Vale do rio Jordão.–pleno deserto.
          Esta tâmara é totalmente diferente:muito maior,vai do marron ao roxo escuro,
pele lisa e macia com poucas rugas e por dentro …nossa! um creme doce,algo inigualável.
          Os chefs as usam recheadas com queijo,pistache,como petisco.Para dar sabor às carnes e frangos,nas saladas.
           Indo  a Israel vale a pena visitar a região desértica acima mencionada,entre junho e agosto, pois encontrarão palmeiras tamareiras cobertas de frutas.
           Israel com sua técnica agrícola avançada,se tornou o maior produtor em pleno deserto.
           É muito minuncioso e detalhista nos cuidados–as plantas são polinizadas anualmente,
fazem-se podas com trator de cabine elevatória.Dois meses antes de serem colhidas ,as folhas são cobertas por uma rede plástica contra insetos e pássaros,com objetivo delas não cairem prematuramente.
           Apesar da colheita ser de agosto a outubro, são comidas o ano inteiro.
           Graças a todo esse profissionalismo podemos nos deliciar com a “Rainha do Deserto” como é chamada.
            Vale provar,quando forem a Israel.
            Hum!…Que delícia!!!
            TAMAR  é um nome próprio muito colocado em meninas e, por coincidência ou não,
todas as que conheço são muito delicadas e doces.
Para ver mais manchetes de Israel Clique Aqui
Para receber informações sobre um curso de hebraico online ou em Israel clique aqui
Para dicas sobre uma viagem a Israel clique aqui

O Mercado de Jerusalém

Shuk Mahane Yehuda
 O Shuk de Jerusalém—-Imperdível!!!
 Por Shoshana C.
     Sempre que vou à Jerusalem,adoro ir ao Shuk(mercado em hebraico), chamado MAchané Yehuda,situado bem no centro da linda  Jerusalém,
terra que “emana leite e mel”.
      Sinto VIDA alí:vendedores árabes,judeus,árabes israelenses,turcos ,uma mistura de raças,cores,
todos gritando bem alto:tapuaaaaaaach(maçã) dois shekels,agvaniooooooot(tomates)três shekels!
      Um colorido só:corrida de gente,
                                                  carrinhos na frente,
                                                                             crianças correndo,comendo,
                                                                                                                   criaturas catando,comprando…
      Um burburinho só.
      Tem uma barraca de sucos numa das esquinas das diversas ruelas,que vende sucos frescos de frutas,legumes , e num segundo a moça super simpática nos vem com um suco de uva verde!!!!,um suco daquelas romãs ENORMES que só
vejo em Israel ,de um vermelho forte,vibrante —inigualável!!!O de cenoura é mel puro!
      Sente-se um frescor de VIDA!
      Na véspera do Shabat parece que toda Jerusalem está presente.Chalá(pão de Shabat),bolos,doces ,tudo o que
de mais gostoso possa ser servido à mesa.
      A região agora tem ótimos restaurantes de comida típica,onde aliam o bom sabor com a alegria contagiante
do ambiente.
     Quando a Jerusalem forem,não deixem de passar por lá.
     Valerá a pena!
Para ver manchetes Israel clique aqui
Visite o blog para dicas de passeios em ISrael

Como se diz em hebraico – corrida

Maratona em Israel

רִיצָה
A Maratona de Tel Aviv e de Jerusalém se tornaram eventos importantes na vida dos moradores e visitantes destas cidades.  A palavra “corrida” na língua hebraica é – רִיצָה ouça e repita.
maratona Jerusalém

maratona Jerusalém

ריצה se refere a uma corrida e vem do verbo “correr” לָרוּץ ouça e repita. A raiz da palavra é ר.ו.צ (r.v.ts). Prestem atenção na alteração da letra ו da raiz para o  י na palavra correr.
Abaixo trazemos alguns exemplos que ajudarão  você a usar a palavraריצה :
הַבֹּקֶר יָצָאתִי לְרִיצָה קָלָה.
Nesta manhã o saí para um jogging.
 
No infinitivo e no futuro a letra ו é preservada:
 
הִיא אוֹהֶבֶת לָרוּץ.
Ela gosta de correr.
 
הוּא יָרוּץ בַּמָּרָתוֹן.
Ele vai correr a maratona.
 
e no passado( e no presente) a letra  ו e י não se encontram:
הֵם רָצוּ מַהֵר מְאֹד.
Eles correram muito rápido.
 
Para ver a tabela inteira da conjugação do  ו ou י, veja esta página em www.ulpan.com.( de onde este artigo foi traduzido e adaptado)
רִיצָה נְעִימָה!
Tenha uma boa corrida
Alguns de nossos  alunos do Brasil estão interessados em correr conosco a próxima maratona de Jerusalém que acontecerá em Março de 2015. Estamos tentando formar um grupo, portanto, caso estejas interessado em participar deste evento, entrem em contato conosco. Ajudaremos aos participantes de nossos grupoa encontrar estadia e passeios, além da corrida. Para mais detalhes sobre a marotona, o circuito, as datas exatas e a inscrição, entrem no site da Maratona de Jerusalém. E para detalhes sobre o curso de hebraico em ISrael ou online clique aqui.
A temperatura em Jerusalém no mês de março geralmente é agradável, além da atmosfera especial da cidade. Na noite anterior os participantes são convidaos para um grande jantar de macarrão – macarronada.
Clique aquipara ver mais manchetes de Israel

Fotos de Israel – o Muro das Lamentações

Fotos de Israel - Muro das Lamentações

O Muro das Lamentações – Um Pouco da História

 O Muro das Lamentações é o único vestígio do templo de Herodes, construído a mando do rei Herodes para substituir o Templo de Jerusalém. O templo de Herodes seria depois destruído pelo tropas do comandante romano Tito, que seria depois o imperador do Império de Roma, como demonstração de força face à Grande Revolta Judaica. Durante anos o local serviu como depósito para os despojos resultantes da incineração de lixo, até que Israel voltou a controlar o local, após a célebre Guerra dos Seis Dias, em 1967.

Já sobre controle de Israel, o Muro das Lamentações tornou-se naquilo que é hoje, um verdadeiro símbolo do judaísmo. Por isso não é de estranhar, que o Muro das Lamentações surja em tantas fotos de Israel.

Fotos de Israel - Muro das Lamentações

Fotos de Israel – Muro das Lamentações

O Muro das Lamentações é visitado diariamente por pessoas que ali vão orar e conhecer este lugar de alta importância religiosa e histórica.

Ao visitar o país, uma visita ao Muro das Lamentações é verdadeiramente obrigatória, já que este local é muito mais do que um mero palco de turismo religioso. Não é concebível tirar fotos de Israel, sem retratar aquele que deve ser o local mais emblemático do país.

Como curiosidade, refira-se que o nome Muro das Lamentações teve origem na própria história do local. Durante a ocupação romana, os judeus foram proibidos de entrar em Jerusalém. Só mais tarde, já durante o período bizantino, foram autorizados a entrar na cidade, uma vez por ano, para aí lamentar a dispersão do povo judaico. Foram esses lamentos, que deram origem ao nome pelo qual a estrutura é atualmente conhecida. Apesar de que em hebraico o nome é Kotel ha Maaravi, ou seja Muro(muralha) Ocidental.

Fotos de Israel – Mar Morto

Fotos de Israel - Mar Morto

O Mar Morto é um dos lugares mais fantásticos do planeta. Situado no Vale do Jordão, 400 metros abaixo do nível do mar, este lago salgado é conhecidas pelas suas propriedades terapêuticas únicas. Milhares de turistas procuram as águas do Mar Morto, atraídos pela sua água quente e balsâmica. Quando comparada com a água do mar, a água do Mar Morto é dez vezes mais salgada e para além disso é rica em minerais como: potássio, bromo, sódio e cloreto de magnésio. Esta composição única, faz com que as suas águas tenham uma capacidade de flutuação fantástica, que faz as delícias dos banhistas. Algumas das fotos de Israel, mais emblemáticas, refletem turistas a boiar tranquilamente, enquanto leem o jornal.

O Mar Morto tem esse nome, porque a elevada concentração de sal na água, cerca de 340 gramas por litro, impede ali exista qualquer forma de vida. O que não deixa de ser uma aparente contradição… Por um lado, o Mar Morto é demasiado inóspito para albergar seres vidas e por outro, as suas águas ajudam centenas de pessoas, através das suas características curativas. Razão pela qual, é considerado um autêntico SPA natural.

Fotos de Israel - Mar Morto

Fotos de Israel – Mar Morto

Quase tão famosa quanto a água do Mar Morto é a sua lama negra, conhecida pela sua riqueza e propriedades estimulantes.

Mas a região do Mar Morto é muito mais do que as suas águas. Quem visita esta zona do Médio Oriente, não pode deixar de tirar fotos de Israel. Toda a região encontra-se numa paisagem bastante característica, tendo a leste cadeias de montanhas e a oeste as colinas típicas de Jerusalém. Uma paisagem com uma verdadeira beleza bíblica.

São muitas as razões para visitar o Mar Morto: desde o turismo religioso, ao turismo de saúde, passando pelo simples descanso.

Clique aqui para ver as manchetes de Israel

Como se diz em hebraico – novos horizontes

Como se diz em hebraico - novos horizontes

אֳפָקִים חֲדָשִׁים
Noticias de Israel - novos horizontes

Noticias de Israel – novos horizontes

Horizonte em hebraico se diz אֹפֶק ouça e repita.
Por exemplo:
אֲנִי רוֹאֶה סְפִינָה בָּאֹפֶק.
Eu vejo um navio no horizonte.
 
אופק se refere ao horizonte físico, o lugar de encontro entre o céu e a terra, e significa também um símbolo de esperança e renovação.
 
אופקים ouça e repita é o nome de uma cidade no sul de Israel, que aparecenas últimas semanas nas notícias de Israel.
Ouça esta musica em hebraico Ehud Banai, onde aparece a expressão אופקים חדשים.
Este artigo foi traduzido e adaptado do site www.ulpan.com
Se você está procurando um ulpan em português, entre em contato conosco. Escolha o seu curso de hebraico sob medida, conforme os seus objetivos – clique aqui

Fotos de Israel – Torre de David e as muralhas da Cidade Velha

fotos de israel - cidade velha

Torre de David em Jerusalém

Quando estiver a tirar as suas fotos de Israel, não pode passar sem visitar a Torre de David e as muralhas da Cidade Velha. Ali vai encontrar o Museu da Torre de David, que apresenta exposições que irão aumentar o seu nível de conhecimento sobre a cidade de Jerusalém, de uma forma cativante e apaixonante.

fotos de israel - cidade velha

fotos de israel – cidade velha

A Torre de David e as muralhas da Cidade Velha representam verdadeiros monumentos vivos e a sua imagem já foi imortalizada em milhares de fotos de Israel. Toda esta estrutura fica situada no Portão de Jafa da Cidade Velha. A sua construção data de há 500 anos atrás. Curiosamente, o nome da estrutura é derivado de um engano. A Torre de David, foi assim batizada, porque a sua grande e resistência impressionavam tal forma, que se pensou ter sido construída pelo grande Rei David, quando na realidade foi uma obra do detestado Rei Herodes.

A Torre de David e as muralhas da Cidade Velha possuem um pináculo sobre a torre, que é hoje um verdadeiro símbolo de Jerusalém, reconhecido mundialmente e registado em muitas fotos de Israel.

Ao visitar a Torre de David e as muralhas da Cidade Velha, o visitante terá oportunidade de desfrutar de uma vista excelente sobre Jerusalém antiga e sobre Jerusalém moderna, um cenário privilegiado para a obtenção de fotos de Israel.

De seguida, o turista pode deixar-se levar pelas exposições do Museu da Torre de David e absorver todo um conjunto de informação que é transmitida através de objetos, vídeo, dioramas e animações computorizadas. Cada sala retrata um período da história real, representando no seu conjunto 4000 anos de uma histórica rica e complexa.

Se é a verdade que Israel tem muito para oferecer aos seus visitantes, é inegável que a Torre de David e as muralhas da Cidade Velha oferecem todo um conjunto de informação e de imagens que o visitante nunca esquecerá.

Clique aqui para ver as Manchetes de Israel

Fotos de Israel – Caverna de Estalactite

Fotos de Israel Caverna de estalactite

A Caverna de Estalactite é uma ótima opção para um passeio agradável com a famíllia.

Caverna de Estalactite- Introdução

Fotos de Israel Caverna de estalactite

Fotos de Israel Caverna de estalactite

A caverna de Estalactite se encontra no sudoeste da Montanhas da Judéia e ao sul de Nahal Soreq (que lhe deu o nome de -” Caverna Soreq” a caverna foi descoberta em 1968 por acaso, depois de algumas explosões em Har Tuv em suas proximidades, no entanto, esta explosão parecia ser diferente do que as outras. Desta forma foi descoberta a bela e especial Caverna de Estalactites, coisa que deixou a caverna nas manchetes de Israel.

A área foi declarada reserva natural em 1975, uma área total de 180 hectares. O comprimento máximo da caverna de estalactites é de 91 metros, a largura máxima é de 80 metros e a altura máxima é de 15 metros, sua área é de 4800 metros quadrados.

A temperatura constante na Caverna de Estalactite é de 22 graus e a umidade na caverna é em média 95.
Passeio na Caverna
O passeio sai a cada hora (a pessoa deve se registrar no balcão) redondo e acompanhados por um guia. Antes do passeio (que dura cerca de meia hora) vemos um filme de oito minutos sobre a caverna, não se deve tocar nas estalactites na caverna.
A paisagem ao redor da caverna
Visitar a caverna é uma experiência extraordinária para toda a família ou para quem deseja fazer turismo em Israel. Mas uma das coisas boas do passeio é o caminho até a caverna. No final do inverno e início da primavera, a área floresce. Depois de ter estacionado o seu carro no estacionamento, a estrada do estacionamento (após a compra de bilhetes) para a caverna é uma bonita caminhada em si.
Serviços adicionais e horas de abertura para os visitantes
Na caverna estalactites funciona um centro de treinamento no comando da formação da reserva e formação complementar para grupos – escolas, passeios e outras atividades. A reserva tem uma lanchonete e loja de presentes e vários guias.

Horário de funcionamento da caverna de estalactites: de outubro a março caverna está aberta das 8:00 às 16:00 h e de Abril a Setembro de 8:00-17:00.