Curso de Hebraico – Vídeo Aulas

Curso de Hebraico

Aulas de Hebraico em Vídeo

Neste artigo descreverei um pouco sobre o conteúdo do nosso novo curso de hebraico que consiste, em seu primeiro módulo, em 52 vídeo aulas que o aluno pode assistir quantas vezes desejar em seu tempo. Para fazer a inscrição no curso basta clicar neste link http://www.hebraicoagora.com/curso-de-hebraico-12-meses/ ou entrar em contato diretamente comigo. Em relação aos alunos que desejam estudar em Jerusalém pessoalmente ou online em aulas particulares pelo Skype, por favor fiquem em contato diretamente comigo whatsapp +972542286201 ou por email horwi5@gmail.com.

No nosso site hebraicoagora.com você poderá ler mais sobre os cursos.
Dezenas de alunos já estão fazendo o curso, na maioria das vezes são pessoas que estão tendo o seu primeiro contato com a língua hebraica, e mesmo assim, com um pouco de esforço e tempo, já conseguem ler e se comunicar em hebraico.
Abaixo se encontra o conteúdo do livro e do curso de hebraico até a metade das aulas (26 aulas) colocarei no próximo artigo a continuação da aula 27 até a 52.
Para os alunos que perguntaram: O segundo curso de hebraico já está sendo preparado e dentro de alguns meses ficará pronto.
Aula 1 O Alfabeto Hebraico
Aula 2 As Vogais em Hebraico
Aula 3 Iniciando a Leitura
Aula 4 Leitura – continuação
Aula 5 Masculino e Feminino
Aula 6 Os Números
Aula 7 O Plural
Aula 8 Os Pronomes Pessoais
Aula 9 Preposições
Aula 10 Verbos no Presente
Aula 11 Leitura de Texto e Diálogo
Aula 12 Leitura – Há e Não Há
Aula 13 Texto sobre Jerusalém
Aula 14 Interrogações e a Raiz dos Verbos
Aula 15 Diálogos – O Daguesh
Aula 16 Pronomes Possessivos
Aula 17 Preposições e Leitura
Aula 18 Diálogo no Restaurante
Aula 19 Diálogo com Verbos no Presente (Piel)
Aula 20 Diálogos e Conjugação de Verbos
Aula 21 Leitura e Conversação
Aula 22 Verbos e Diálogo no Mercado
Aula 23 Meios de Transporte – Passeando em Israel
Aula 24 No Museu de Jerusalém
Aula 25 Expressões de Tempo
Aula 26 Família

 Comunidades Judaicas da Etiópia 

Judeus da Etiópia

 

Por Shoshana C.

 

Nos Estados Unidos há judeus negros que para lá se dirigiram após a segunda guerra mundial.

No Brasil não temos notícias, mas podem ter sido trazidos na época da escravidão.

Os cristãos novos vindos de Portugal na época da Inquisição, podem ter ido para a Guiné, Congo Angola e outros países, bem como para o Brasil. A Inquisição tinha um alcance menor nestes países e então formaram com a população local seu judaísmo se miscigenando.

Em maio de 1991 cerca de 14200 membros judeus da Etiópia ,foram trazidos para Israel em missões secretas. Por cerca de 3000 anos os judeus da Etiópia, que se auto denominam Beta Israel mantiveram sua fé e identidade, lutando em guerras tribais. É dito que faziam parte de uma das dez tribos perdidas.

Atualmente cerca de 126000 etíopes vivem em Israel.

Após chegarem em Israel passam de 12 a 18 meses em centros de adaptação.

Dificuldades houve e há, apesar de teoricamente saírem desses centros preparados para uma vida independente de sobrevivência. Há sucessos e insucessos como acontece individualmente no dia a dia das pessoas.

Novidade é que o rabino negro Capers Funny de Chicago,convertido ao judaísmo e primo da Primeira Dama dos Estados Unidos ,Michele Obama,tornou-se o primeiro rabino chefe negro do século XXI que atuará como chefe da comunidade judaica negra mundial, com filiais no Caribe, África do Sul, Uganda Nigéria.

Seu grande objetivo é incentivar laços mais estreitos com a comunidade etíope que migrou para Israel; essas metas estão sendo discutidas com os representantes israelenses em sua viagem atual a Israel.

 

Rishon LeTsion – Uma bela cidade

A linda cidade ,onde a alegria de viver é que importa
por Shoshana C.

Seu significado é Primeiro de Sião.
A cidade encontra-se no Distrito Central,a 8 km do sul de Tel Aviv.
Foi fundada em 1882 por imigrantes russos sendo a segunda colonia rural judaica
colonizada no século XIX após Petah Tikva.
No final de 2012 sua população era de 235 123 habitantes.População judia de 88%.
Inicialmente os colonos judeus russos tiveram muitas dificuldades,pois o solo era arenoso com água escassa.Além do mais essas pessoas não tinham experiência em agricultura.
Um poço foi cavado e mais pioneiros chegaram.
Aos poucos,com muita luta a colônia foi crescendo.
Em 1886 a primeira escola hebraica do país foi fundada e Eliezer Ben Yehuda,o pai do hebraico moderno ,foi professor.
Em 1886 o Vinhedo Carmel-Mizrahi Winery foi já estabelecido e até hoje há uma grande produção dele.A agricultura cítrica e a vinicultura foram se expandindo.
Com a ajuda já de técnicos especializados, alguns anos depois foram localizados lençóis d água a
42 m de profundidade do solo e cerca de 20 a 25m de profundidade novos poços foram construídos.
Pomares desenvolveram-se e em 1920 a cidade cresceu coma a indústria cítrica sendo atualmente grande produtores de laranja.
Em 1950 foi declarada cidade em Israel.
Há planos futuros de construirem um aeroporto internacional que substituirá o de Ben Gurion em
Tel Aviv.
É considerada atualmente uma das cidades de maior desenvolvimento no país.
As fábricas estão na antiga zona industrial.
Principais indústrias:vinho e construção.
Ruas movimentadas com grandes shoppings,bares,restaurantes,clubes de dança em vários pontos da cidade.
Estão trabalhando para a total independência no setor água,objetivando a dessalinização cujo projeto produzirá 3,7 milhões cúbicos de água por ano.
Cultura: festival anual de vinho,anfiteatro que recebe renomados artistas,zoo muito bem cuidado,parque de diversões.
O Hall de Cultura é um local de concertos clássicos ,apresentações teatrais,shows.
A Orquestra Sinfônica de Rishon Le Sion participa em festivais musicais ao redor do mundo.
Uma cidade inicialmente árida e despovoada ,transformada no que vocês assistirão no vídeo.

COM MUITO AMOR POR ISRAEL

Descalvado

DESCALVADO/SP/BRASIL VESTIDA DE AZUL E BRANCO PARA AS COMEMORAÇÕES DE NATAL E ANO NOVO!
Por Maria Inês Cerantola

Descalvado 2

Descalvado

Descalvado é uma pequena cidade no interior do Estado de São Paulo/Brasil, cuja população bastante festeira, tem por Israel e seu povo, grande admiração. Numa feliz coincidência desde o início deste dezembro, ei-la vestida de azul e branco para as festividades de Natal e Ano Novo. Unindo o belo ao agradável, o efeito criado pelas luzes ao cair da noite, é um espetáculo à parte. Parabéns Descalvado! Mazal Tov!

Descalvado 3

Descalvado 3

É ASSIM QUE NOSSOS JOVENS AMAM A VIDA

mammila

É ASSIM QUE NOSSOS JOVENS VIVEM E QUEREM VIVER A VIDA:
CANTANDO E DANÇANDO!!!!!
Por Shoshana C.

Este é um dos pontos mais lindos de Jerusalém.
É um dos poucos shoppings centers do mundo ao ar livre.
Um conjunto de famosas griffes de moda,restaurantes,centro cultural e
um conglomerado de obras primas de pintura e escultura em todo o caminho do shopping.
Uma pinacoteca ,um museu a céu aberto!!
Este shopping ,o MAMILA,fica entre uma importante rua e a Cidade Velha,como uma passagem entre o moderno e o antigo,onde encontramos locais importantes das três grandes religiões:Judaísmo com o Muro das Lamentações,
Cristianismo com a Igreja do Santo Sepulcro,
Islamismo com a Mesquita dourada.

A Orquestra Filarmônica de Israel – 80 anos do maestro Zubin Mehta

Zubin-Mehta

Aos 18 anos, Zubin Mehta abandonou os estudos de medicina para se dedicar totalmente à sua carreira musical, ingressando na Academia de Música de Viena. Sete anos mais tarde, dirigia as Filarmônicas de Viena e Berlim. Em poucos anos, tornou-se um dos maestros mais requisitados do mundo. Desde então, a sua carreira tem seguido sempre uma trajetória ascendente, tendo dirigido milhares de concertos e óperas.
Em Abril de 2016, e como celebração do 80º aniversário do maestro Mehta, a Orquestra Filarmônica de Israel realiza três concertos no Mann Auditorium de Tel Aviv, com a presença dos melhores amigos de Zubin Mehta, como Daniel Barenboim, Itzhak Perlman e Pinchas Zukerman.

Fonte genesistoursblog.com

Aprenda hebraico sem sair de casa – saiba mais

Jovens em Israel estudam pesquisam e criam

Tecnologia Israel

I)Israel ,literalmente “reinventou a roda”…
Por Shoshana C.

O estudante de engenharia e design da Universidade Shenkar em Ramat Gan,perto de Tel Aviv,Kobi Shinkan,

Tecnologia Israel 2

Tecnologia Israel 2

idealizou um sistema futurista de entrega de mercadoria,usando tecnologia robótica e de reconhecimento facial.

” The Transwheel Delivey Robot” assegura o recebimento de sua mercadoria na porta de sua residência sã e salva,sem poluir a natureza.
Os drones de uma roda operam usando um sistema de equilíbrio similar ao Segway(meio de transporte de duas rodas
lado a lado,principalmente usado por deficientes visuais),empregando GPS para caminhar
O pacote é seguro por dois braços robóticos e chega a seu destino com uma câmera,tendo internet conectada.
Várias câmeras ajudarão para que obstáculos e tráfico não interfiram, prejudicando a entrega.
É um compromisso com a entrega rápida terrestre.
Poderá ser usado em aeroportos ou bases militares,com tecnologia não poluente.
Um dos professores da Universidade Shenkar disse que embora pareça ficção científica ,não o é,sendo
perfeitamente viável,realizável em vida cotidiana,da mesma forma que os drones (aéreos ) já o são.
O estudante está esperando apoio financeiro de indústrias para concretizar sua criação

II) Escola Médica da Galileia

Cerca de 600 estudantes de medicina reassumiram seus estudos semana passada,na Universidade Bar Ilan na Galileia.
Em outubro de 2001, 53 alunos iniciaram a primeira classe e atualmente estão trabalhando como internos em hospitais do país.
Este ano mais de 590 alunos estão matriculados.
Esta faculdade tem 112 “senior faculty members” e 110 instrutores clínicos,sendo de altíssimo padrão científico.
O treinamento clínico é intenso e conduzido em cinco hospitais ,localizados no norte de Israel–Safed
Tiberíades Nahariya e Nazareth e também em clínicas comunitárias situadas no norte e na Galileia.
Há 93 alunos registrados em programas de graduação e doutorado e 10 em pós doutorado.
São alunos de nível excelente encorajados a alcançar o máximo em perfeição para salvar.

Dicas para aprender Hebraico

aprendendo hebraico online

Dicas para um Curso de Hebraico

Mesmo a tecnologia israelense ainda não chegou ao ponto de podermos fazer download de um idioma em nossos cérebros e aprende-lo em poucos segundos, portanto para aprender qualquer idioma e principalmente o hebraico com suas características peculiares, é necessário esforço e dedicação. Além disso, após ter ensinado hebraico online a milhares de alunos acho que posso dar algumas dicas que provavelmente ajudarão a quem procura um curso de hebraico.

1-Relação entre o professor e o aluno.

Quando nos lembramos de um professor que nos marcou em nossa infância ou juventude, geralmente nos lembraremos de uma pessoa na qual nos identificávamos, gostávamos e à qual sentíamos uma relação especial. Esta relação nos conduziu à vontade de aprender tal disciplina. Assim funciona também com o ensino online, nem os alunos nem os professores são máquinas de ensinar ou aprender, o relacionamento vivo desperta o desejo de aprender no aluno e o desejo de ensinar no professor, isso certamente acontece no ensino online. Posso testemunhar que fiz amigos verdadeiros nessa relação entre aluno e professor, alguns vieram a Jerusalém me visitar e estudar comigo e outros não.

2- Familiarização como idioma Hebraico.

Par a grande maioria das pessoas não funciona sentar com uma lista de palavras tentando memoriza-las, isso parece não ser muito útil, e mesmo quando funciona, depois de algum tempo as palavras são esquecidas. Ao invés disso é bem mais útil, despertar no aluno o seu amor pelo que é estudado, no nosso caso o hebraico. Ele pode se familiarizar com o idioma através de músicas que ele ouve, textos que o interessam, conhecimento da cultura e história local.

3-As aulas devem ser divertidas e não pesadas demais.

A maioria das pessoas (infelizmente não todo mundo) não gosta de sofrer. Portanto um curso de hebraico divertido que traz aluno e ao professor a vontade do encontro com o professor e com o idioma é fundamental. Tem alunos que se concentram muito mais depois de algumas piadas, tornando o estudo leve e agradável. Tenho certeza que isto é possível mesmo para quem estuda o idioma hebraico como curso universitário.

 

Mais adiante escreverei outras observações baseadas em minha experiência como professor de Hebraico e de Filosofia.

Entre os cursos de hebraico nos quais ensinei e ensino:

http://hebraicoisrael.com

http://www.hebraicoagora.com/

http://eteacherhebrew.com/pt-br

http://eteacherbiblical.com/pt-br/certificado-pela-universidade-hebraica

 

Dr. Yosef Flavio Horwitz