Israel–Democracia

Por Shoshana C.

Considerada a única democracia do Oriente Médio, sente-se no país, principalmente

Jerusalém,uma confluência diversificada de nacionalidades, culturas, religiões.

Habitam judeus, árabes, drusos , europeus, americanos–“sabras”(nativos) ou não,

formando uma mistura de cores, sons e “modus vivendi”—“A Big Apple” do Oriente Médio!

Aos que se esforçam almejando estudo, interesse científico, criativo, oportunidades

e incentivos são dados .

Nos hospitais encontram-se médicos de todas religiões,objetivando a VIDA.

O mesmo ocorre no sistema jurídico onde promotores, juízes de várias origens

visam a justiça .

 

Suaad Abd- Elhadi, PHD em medicina pela Universidade

Hebraica de Jerusalém,desenvolveu um teste que identifica precocemente a Doença de Parkinson.

É uma doença degenerativa do cérebro,confundida muitas vezes com outras de sintomas

semelhantes e que quando diagnosticada em estágio inicial ,embora ainda incurável,pode ser

controlada com melhor eficácia.

Por ora, só usado em hospitais ou para trabalhadores  onde a exposição à agrotóxicos

é constante como na agricultura, sendo fator de desenvolvimento da doença, como a cientista explica.

                   Ensino de árabe para universitários israelenses.
                   Projeto Perach em conjunto com a associação de estudantes de Israel lançou o projeto Falando
     Árabe. É organizado por estudantes árabes voluntários que ensinam aos colegas de outras origens,
     ganhando bolsas de estudo.Vai do básico ao nível mais elevado.
                   Aulas são dadas em hospitais, termos médicos estudados bem como discussões sobre
     diagnósticos e procedimentos em língua árabe.
                   De positivo:interação médico paciente, fator importante.
                  Programa Caleidoscópio
                  Foi fundado em Israel pela professora Chana Reifman Zweiter e une na mesma classe , muçulmanos, cristãos e judeus religiosos e seculares.
                 Uma brincadeira com propósito sério em que a criança se sente num caleidoscópio
    espelhando diferenças internas  e interpessoais com diferentes culturas.
                 Desde 1991, 40 mil alunos, educadores e pais participaram.
                Objetivo imediato: resolução de situações, cooperação, solidariedade, habilidades sociais
    e afetivas fundamentando o respeito mútuo.
                Os que participaram deste programa adquiriram uma aceitação melhor de pessoas de outras
    origens,culturas e religiões.
                Serviço de emergência israelense United Harzalah
                O médico muçulmano Nedal Sader foi o primeiro a atender aos policiais israelenses
     após o ataque terrorista em Jerusalém da semana passada,onde os mesmos vieram a falecer.
                O serviço tem cerca de 300 voluntários muçulmanos,drusos e cristãos,médicos e paramédicos.
                A organização atua em todas as comunidades em Israel.
                O médico disse que nos últimos 5 anos atendeu vítimas dos sete ataques palestinos na Cidade
     Velha.
               ISRAEL___Unidade nas Diferenças e Divergências: tentativa e ação como meta.
                               Respeito, aceitação, fazem parte de um projeto maior:Ver o OUTRO;Ver-se no OUTRO
              Fonte:Jornal da Conib
Bookmark the permalink.

Comments are closed.